Nossa História

A Igreja Assembleia de Deus Alto do Ipiranga (ADAI) nasceu no coração do pastor Paulo Silas e de sua esposa, pastora Mara Soeiro, por meio de uma semente plantada por Deus. Após meses de projetos e sonhos, a igreja tomou forma e ganhou trinta membros em sua inauguração feita no dia primeiro de maio de 2003.

Conhecido como “pastor do amor” e por se dedicar a cuidar de pessoas da região, o pastor seguiu as orientações que Deus entregava a ele e logo começou a alcançar pessoas que precisavam conhecer o plano de salvação para suas vidas.

O que ninguém esperava era que, durante este momento, um problema de saúde alcançasse àquele que todos amavam.

No ano de 2008, o pastor sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). Desenganado pelos médicos, Paulo Silas ficou internado por onze meses, período em que recebeu muito carinho e era constantemente apresentado em oração a Deus por membros da igreja, amigos e família. O que para os médicos não havia mais solução, para Deus era apenas o início de uma história recheadas de milagres e curas.

Com o processo de internação do pastor, a liderança da igreja foi entregue ao Pastor Wilson Ventura, que durante todo esse tempo se manteve fiel a Deus, à igreja e à família pastoral.

Em 2010, seu filho mais velho, Rodrigo Soeiro, assumiu a comunidade e deu continuidade a semente plantada por seus pais.

Hoje, a ADAI é composta por mais de mil membros em sua igreja sede e congregações em São Bernardo do Campo e Vila Ema, todos buscando andar em unidade e tendo como regra de fé e prática as Sagradas Escrituras. O cuidado uns com os outros e o compromisso de proclamar o evangelho da salvação ao mundo com criatividade têm sido sua marca.

Com a visão de demonstrar ao mundo o amor de Deus, dedicam-se a mostrá-lo em cada uma de suas atitudes, não apenas durante os cultos de louvor e adoração, mas também em ações missionárias, como o Instituto AMAI, Capelania no Hospital Dante Pazanesse, Construção do Centro Médico em Miranda - MS, Construção do Mercado Comunitário, Evangelismos Urbanos, entre outros. Além desses projetos, contribui com missionários da Espanha, França e África.

Assim como no começo da obra, vidas continuam sendo salvas, restauradas, regeneradas, preparadas, capacitadas e enviadas por Deus para cumprir Sua obra até os confins da Terra.

Não temos unanimidade, somos diferentes, mas andamos em unidade. Não somos perfeitos, mas vivemos em constante processo de santificação. Amor, perdão, compromisso e consagração têm sido nossos alvos.

Tudo o que somos, o somos em Cristo!